23/09/2013

Homem palestino tortura rato que roeu o seu salário e publica no Facebook



A imagem assustou alguns usuários da rede social.
 
Um homem palestino “se vingou” de um rato que roeu parte de seu salário. Ele capturou amarrou o animal em uma ‘máquina de tortura’. A imagem, em seguida, foi publicada no Facebook.
O homem, que vive em Gaza, mora na cidade de Hebron, na Cisjordânia. Ele amarrou o rato com cordas para “puni-lo” após se esconder em seu armário.
De acordo com seus comentários no Facebook, a atitude partiu de sua revolta porque havia escondido o dinheiro para evitar saques. Atualmente a região sofre com condições econômicas terríveis no território palestino.

 
A Autoridade Nacional Palestina (ANP), adiou a cobrança de taxas dos salários dos palestinos por vários meses devido à escassez provocada por uma série de medidas que Israel tomou retendo as receitas fiscais da população.
Os comentários foram os mais diversos. Alguns disseram que o homem deveria ser punido e levado à Assembleia Geral das Nações Unidas e ao Conselho de Segurança para liberar o rato imediatamente.
Apesar da atitude impensada, o fato é que se trata de crueldade com os animais e este comportamento não deve ser estimulado.

fonte: r7.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário