23/10/2013

acredito que você tambem tenha pensado que isso é uma aranha. Mas não é!! quer saber que bicho é esse??


Você bate o olho e vê a pequena criatura com suas gigantescas 8 pernas desfilando pela parede.
0 e3162 11255d5f orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades
-Só pode ser uma aranha!
Mas você está errado. O que está ali, bem, na sua frente, não é uma aranha, mas sim um dos mais esquisitos bichos da natureza, chamado Opilião.
Quase todo mundo que vê um opinião acha que está diante de uma aranha. O nome Opilionescunhadopor Sundevall em 1833, foi baseado no gênero Opilio Herbst, 1798. Opilio é uma palavra latina, usado por Vergílio nas Bucólicas e significa “pastor de ovelhas”. O nome se refere ao comportamento de inspeção do segundo par de pernas. Os opiliões são também conhecidos como aranha-alho, aranha-bode, aranha-cafofa, aranha-de-chão, bodum, fede-fede, giramundo, temenjoá ou tabijuá.
Apesar dos apelidos, não é uma aranha mesmo!
0 e3165 bf1128eb orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades
Segundo a Wikipedia, os opiliões são invertebrados de oito pernas que pertencem a ordem Opiliones, que é a terceira em termos de diversidade da Classe Arachnida, Subfilo Chelicerata, Filo Arthropoda, compreendendo mais de 6.300 espécies descritas em todo o mundo até o ano de 2005.
Os opiliões são bichos inofensivos e caracterizam-se pelas pernas articuladas excepcionalmente longas em relação ao o resto do corpo. Ó o tamanho do bitelo:
0 e3164 6a9af9a5 orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades
Apesar das semelhanças superficiais com as aranhas, com as quais são geralmente confundidos, estes aracnídeos representam um grupo distinto. O corpo está divido em prossoma e opistossoma que encontram-se fundidos em toda a sua largura, formando uma estrutura ovalada ou arredondada sem separação visível dos dois tagmas.
Em contrapartida, as aranhas apresentam o prossoma e opistossoma bem distintos.
Em linguagem compreensível, poderíamos dizer que este bicho não é uma aranha porque a cabeça dele está conectado na bunda. Já as aranhas são bem divididas, com a bunda proeminente.
0 e3166 c44695f9 orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades
Outra diferença é que as aranhas tem muitos olhos, e os opiliões só dois, como eu e você. Em algumas especias de caverna ele não tem olhos. O opilião também tem um par de aberturas das glândulas odoríferas (ou de cheiro). Essas glândulas secretam um líquido de cheiro característico quando o animal é perturbado. (certamente fedido)

0 e316d 723a8ea1 orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades

Os estigmas traqueais e abertura genital, que pode ser coberta por uma placa ou não, ficam na porção ventral do opistossoma. As fêmeas adultas possuemovipositor e os machos adultos um longo pênis ou espermatopositor. Além de alguns grupos de ácaros, os opiliões são os únicos aracnídeos a possuírem ovipositor/pênis.
Os seis pares de apêndices, como em todos os aracnídeos, são prossomáticos. Os opiliões possuem um par de quelíceras com três segmentos e pedipalpos com seis segmentos: coxa, trocânter, fêmur, patela, tíbia e tarso. Os pedipalpos primariamente são órgãos sensoriais, porém em Laniatores estes são raptoriais, com robustos espinhos, para agarrar e despedaçar o alimento. Os quatro pares de apêndices ambulatoriais podem ser bastante alongados e possuem sete segmentos: coxa, trocânter, fêmur, patela, tíbia, metatarso e tarso. O segundo par costuma ser mais alongado e com maior segmentação tarsal que os demais, e é usado para funções sensoriais, e não para locomoção, como se fosse uma antena, por isso é chamada de perna anteniforme.
0 e315d d534d8d8 orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades

Diferente da aranha que faz uma teia para caçar, os opiliões são adaptados  à vida na terra. Eles costumam caçar ao entardecer ou à noite. Eles são menos ativos de dia.  Geralmente podem ser vistos na sua posição habitual, com as pernas abertas. Há espécies que se alimentam de caracóis e lesmas, com pinças especiais. Muitos Opiliões se satisfazem com insetos e animais mortos. Eles também encaram vegetais, cogumelos,  carniça, excrementos de pássaros e até fezes de animais.
Um aspecto bem bizarro desse animal é que suas peras se soltam facilmente do corpo e continuam a se mexer, como vivas durante um longo tempo. Isso é uma estratégia de defesa que ele usa, quando atacado, para fugir. O opilião larga uma ou mais perninhas para trás, que distraem seus opositores, enquanto ele dá no pé. 
0 e316c 3533751e orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades
Os opiliões não são venenosas e não possuem glândulas de seda. Eles só tem um par de glândulas que produzem o líquido fedorento. Mas por mais curioso que pareça, o liquido fedorento funciona lindamente bem! Tanto que os opiliões raramente são comidos por outros insetos ou vertebrados. Provavelmente o caldo fedorento deve ter também sabor intragável. 
O opilião pode ser  encontrado em quase todos os lugares e se espalharam em uma ampla variedade de habitats – desde florestas até desertos e pradarias. Algumas espécies chegam a escalar grandes montanhas.
Não é raro ver o Opilião com parasitas. Eles podem ser vistos  principalmente nas pernas, surgindo como pontos vermelhos. São larvas de Allothrombium fuliginosum (carrapato). 
Phalangium opilio female Isso não é uma aranha!    Curiosidades
O ciclo de vida deles tem por volta de um ano. Algumas especies podem durar até dois.
0 e315f 16d20493 orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades
O mecanismo de funcionamento das pernas do opilião é tão sofisticado que o animal é estudado por especialistas em robótica, que admiram a genialidade de seu funcionamento (praticamente são articulações  hidráulicas). O sistema é tão bem desenvolvido, para manter o  opilião acima do solo, que estudou-se adotar sistema semelhante em robôs exploratórios de outros planetas.



0 e3160 eda69cf2 orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades

Os engenheiros mecatrônicos pensaram em copiar o Opilião porque uma tal máquina é concebida com este design tem uma série de vantagens sobre um aparelho que se desloque sobre rodas ou lagartas, especialmente para ultrapassar obstáculos. Equipamentos destinados à investigação e movimento, centrado em uma cápsula selada, que se eleva em longas pernas articuladas.
 Nas extremidades das pernas e articulações existem sensores que transmitem informações dos pés sobre o toque no substrato, e a sua posição relativa. Cada perna age como um centro de informações do solo.  Acredita-se que para a propulsão do pé é a coisa mais aconselhável é uma combinação de princípios mecânicos e hidráulicos, que se observa nas patas dos opiliões: flexão devido a um cabo passando através dos segmentos indo até a extremidade dos pés, e a extensão por sistema hidráulico, através da pressão do fluido que enche a perna. No caso do opilião, hemolinfa.
0 e3168 3e747466 orig Isso não é uma aranha!    Curiosidades
Recentemente, os opiliões atraíram atenção da ciência, porque se descobriu que as secreções de algumas espécies de opiliões resultam em antibióticos poderosos.
Eventualmente, os opiliões podem se juntar em grandes grupos, o que pode provar verdadeiro pânico em pessoas que sofrem de aracnofobia. Pensa nisso em cima da sua cama:
 Isso não é uma aranha!    Curiosidades

download 4 Isso não é uma aranha!    Curiosidades

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário