03/09/2013

Acrílico no bumbum: falsa médica dizia que deformações eram reações alérgicas, diz cliente....


Vânia Prisco está internada em um hospital na zona norte e já passou por 39 cirurgias





Vânia Prisco já realizou 39 cirurgias para recuperar bumbum deformado pelo acrílico em pó Reprodução Rede Record


Uma empresária que era cliente da clínica onde a jovem Vânia Prisco realizou procedimento para aumentar o bumbum afirmou que a falsa médica dizia para a jovem que as deformações eram reação alérgica. De acordo com a cliente, a médica dizia que ela não precisava se preocupar e, por isso, a jovem continuou o procedimento.

— Ela dizia que não tinha necessidade de se preocupar, porque a reação foi alérgica, por conta de alguma coisa que ela comeu. A Vânia acreditou nisso e continuou fazendo o tratamento com ela, mas não tinha melhora.

O produto utilizado pela falsa médica que atendeu Vânia foi o Meta Crill, que é indicado para o preenchimento da face. A má utilização do produto pode levar à morte.

Equipes da Polícia Civil estão procurando Cecília Tavares, a médica que realizou o procedimento e se apresentava como major aposentada do Exército. De acordo com a polícia, não há dúvidas de que Cecília é autora do procedimento. Ela também está sendo investigada por exercício ilegal da profissão.

Vânia já passou por 39 cirurgias e o estado dela ainda é grave.

Rosângela Prisco, mãe da vítima, prestou depoimento na delegacia de Ricardo de Albuquerque (31ª DP). Ela diz que a filha está deprimida e sente muita dor.

—Ela está deprimida, sente muita dor depois das cirurgias. Está bem abalada.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário